- Ache os Cursos e as Faculdades certas para você! Clique aqui!

- Bolsas de Estudo - são mais de 1.200 faculdades oferecendo descontos de até 75%! Saiba mais!

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Home : notícias

Curso de Biologia do CEUNSP promove diversas atividades abertas ao público neste sábado (31/10)

Fonte: Imprensa Ceunsp

30/10/2015


Neste sábado (31/10, 8h às 16h), o curso de Biologia do CEUNSP promove o "Biologia para a Praça", no campus I, em Itu (entrada pela Praça Regente Feijó). São 28 atividades gratuitas e abertas para toda a comunidade. O evento promete muita informação, conhecimento e curiosidade.

Entre as ações previstas, o visitante poderá aprender na prática noções de aquarismo, compostagem para minhocário, minicomposteira doméstica e até fazer uma horta vertical com materiais recicláveis. Também poderá aprender mais sobre o escorpião amarelo, sobre serpentes (biologia, identificação e manejo), táticas de animais predadores, observar a dissecação de molusco, de protozoários, cultivo de protozoários e microscópio caseiro, morfologia e classificação de insetos, informações sobre plantas medicinais e fitoterapia, hidroponia (cultivo de plantas sem o uso de solo), aquaponia (junção da hidroponia com a piscicultura – criação de peixes), entre outras.

De acordo com a professora Valéria Aranha, coordenadora do curso de Biologia, há ainda outras atividades voltadas para duas preocupações do evento: o combate às verminoses e o desmatamento. “Temos observado um índice muito grande de pessoas nas mais diversas idades, mas em especial crianças na faixa de 3 a 12 anos de idade, que estão infectadas por vermes e protozoários. Verminoses como ascaridiose e protozooses, Áscaris (lombriga) Amoebas, Giardia têm sido frequentes nessa faixa etária. Percebemos, através de entrevistas e pesquisas, que isso é decorrente da falta de uma educação sanitária”, afirma. Entre a ações está a autoexplicativa “Inimigos invisíveis: saiba o mal que você segura em suas mãos”.

A outra preocupação do evento é com relação à importância da preservação das matas ciliares e da Mata Atlântica, apontando os impactos do desmatamento e também a possibilidade de interação consciente com o que ainda resta. “Estamos inseridos no bioma de Mata Atlântica, que abriga áreas de preservação ambiental do Tietê, Braiaiá, Cidade Nova e Botuxim, onde correm os principais rios da região. Frente a isso, temos o dever de, através destes projetos, promover um trabalho de educação ambiental com a comunidade justificando a importância da preservação, lembrando que recentemente tivemos problemas em relação à falta de água potável nos municípios da região”, aponta.

Estão previstas atividades como o reuso de água cinza e aplicação de filtro misto e zona de raízes, como funciona o tratamento de esgoto domiciliar, utilização de energia eólica e sistema minieólico e dessalinização da água do mar.

Todo o evento é organizado pelos alunos de Biologia do CEUNSP, que foram divididos em grupos para explorar cada tema, sob orientação dos professores. A preparação envolveu a pesquisa para a elaboração do projeto de apresentação para a população. “É uma oportunidade dos alunos se integrarem com a comunidade e também com nossos parceiros, como o Instituto Japi de Pesquisas e Ações Ambientais”, afirma a coordenadora.





Versão para impressão     Enviar para um amigo