- Ache os Cursos e as Faculdades certas para você! Clique aqui!

- Bolsas de Estudo - são mais de 1.200 faculdades oferecendo descontos de até 75%! Saiba mais!

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Home : notícias

Alunos do IBTA criam aplicativo para avaliar recursos aplicados nos municípios em áreas primordiais

Fonte: Imprensa IBTA

09/10/2015


Um aplicativo criado pela equipe Cidadie, composta por alunos do curso de Computação do IBTA, para celulares e tablets, permitirá ao usuário ter acesso aos resultados do levantamento elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado com as prefeituras paulistas. Inclusive com a possibilidade de interação da população.

“Ao baixar o aplicativo, basta que o usuário escolha qualquer cidade do interior de São Paulo. A partir daí e pela localização do GPS será mostrado o índice de avaliação da cidade escolhida. O usuário então poderá fazer comentários, curtir ou descurtir, denunciar, comparar os índices das cidades e avaliar como as prefeituras utilizam os recursos”, explica João Otávio Ribeiro Costa aluno da Engenharia de Computação.

Para a professora e também juíza na maratona Lucy Mari Tabuti o projeto da equipe Cidadie é funcional e inovador. “Os projetos são avaliados quanto a usabilidade, performance e interação humano-computador do projeto. O aplicativo precisa ser clean, funcional e fácil de manipular. A equipe apresentou todos esses itens no projeto”, explicou.

O coordenador da maratona e diretor de sistemas do Tribunal de Contas do Estado, Fabio Xavier, destaca a importância do aplicativo e dos hackathons. “A participação de alunos nesses eventos é uma oportunidade para eles colocarem em prática o que estão aprendendo na faculdade, de apresentar e concretizar suas ideias. Nesse 1ºhackathon os alunos desenvolveram um aplicativo que permitirá fiscalizar mais de 600 prefeituras por meio da participação social”, conta.

O 1ºHackathon do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo aconteceu em 26 de setembro, com base no "IEGM (Índice de Efetividade da Gestão Municipal), como ferramenta de controle social". A equipe Cidadie ficou na terceira classificação do evento que reuniu programadores, designers, profissionais e estudantes ligados ao desenvolvimento de soluções tecnológicas em uma maratona de programação, criatividade e inovação.

Um total de 50 jovens participaram da maratona do Tribunal de Contas do Estado. O IBTA participou com a equipe Cidadie composta por jovens do curso de Computação, entre eles João Otávio Ribeiro Costa, Roberto Ruas Marques Filho, Bruno Lopes da Rocha e Júlio Cezar Ferreira de Quadros.

Sobre os Hackathons - as maratonas são muito populares nos Estados Unidos e contam com vários parceiros, incentivados e patrocinadores. No Brasil, o IBTA vem adotando essa parceria no que se refere a patrocinar e incentivar o evento formando equipes para participar.





Versão para impressão     Enviar para um amigo